HUMANA – Administradora de Bens – Condomínios & Imóveis

30 Anos de Tradição Familiar

  • Fale Conosco

    Telefone: 4432-1745
  • Agenda

    junho 2008
    D S T Q Q S S
    « fev   set »
    1234567
    891011121314
    15161718192021
    22232425262728
    2930  

Pára-raios é fundamental em qualquer condomínio

Posted by humanaadministradora em junho 4, 2008

Muita gente ainda não se dá conta da importância da proteção contra as descargas atmosféricas…

Na hora de se avaliar a situação dos sistemas de segurança dos edifícios, o topo da construção é uma área a ser analisada com cautela, afinal é onde se instala os chamados sistemas de proteção contra descargas atmosféricas (SPDA), popularmente conhecidos como pára-raios. Por isso trazemos aqui algumas informações e dicas úteis sobre sua instalação e manutenção.

O SPDA protege a estrutura do edifício contra as descargas elétricas, bem como as pessoas que circulam pelo condomínio no momento de uma queda de raio. Já os aparelhos eletrônicos não são protegidos pelo pára-raios, pois normalmente a descarga elétrica que causa danos a estes equipamentos vem pelas linhas de transmissão.

Em geral, os prédios novos já são planejados com o SPDA e mesmo em algumas edificações mais antigas o sistema é freqüentemente instalado. No entanto é comum encontrar instalações falhas. Se o seu condomínio possui o sistema, mas não se sabe se está dentro das normas, o primeiro passo é fazer uma vistoria técnica realizada por um engenheiro eletricista. Caso seja necessário projete um novo sistema.

Sempre que o SPDA é instalado, o engenheiro responsável deve emitir um relatório técnico e a Anotação de Responsabilidade Técnica (ART) da instalação. Esta ART deve ser renovada anualmente, a cada manutenção.

A instalação do SPDA deve seguir rigorosamente as instruções da NBR – 5419. Fique atento a gambiarras como a utilização de rufos como condutor (estes são seccionados a cada dois metros e não têm condução permanente) ou o aproveitamento das barras de aço da estrutura do prédio como “descidas” para conduzir a descarga elétrica.

Quando um raio atinge um edifício protegido, a descarga elétrica percorre o sistema até atingir o solo. Sem a proteção adequada, o raio pode danificar a estrutura do edifício e percorrer as instalações elétricas. A falha do SPDA também coloca em risco a segurança dos condôminos.

Dê atenção à instalação de antenas de TV por assinatura quando feita no topo dos prédios. É importante que o síndico ou o zelador acompanhe o técnico da empresa contratada para se certificar que a antena seja aterrada e conectada ao sistema de pára-raios. A caixa d’água também precisa estar aterrada, pois pode atrair raios.

Cuidados especiais

O SPDA deve ser checado anualmente, serviço realizado por empresa especializada em medição ôhmica (resistência de aterramento) para verificação das condições gerais do sistema. É por meio desta medição que o técnico pode avaliar se a descarga está ocorrendo corretamente. A vistoria também deve verificar a condição das hastes (se estão esticadas ou não) e dos isoladores (se estão bem fixados à estrutura).

Outro ponto que precisa de atenção é a luz-piloto do mastro do pára-raios, que precisa ser substituída em caso de queima, já que identifica a altura do prédio.

As seguradoras normalmente cobrem os danos causados por raios, mesmo quando há problemas no SPDA. No entanto um sistema fora das normas ou com manutenção inadequada pode causar problemas. As empresas podem argumentar que os danos ocorreram pela falta de cuidados, o que complica e prolonga o processo de indenização.

Fonte: Programa Casa Segura

Sorry, the comment form is closed at this time.

 
%d blogueiros gostam disto: